segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Meditação FLYLady: Depressão, não desista, eu não desisti!!

Caras FLYMigas, 
Esta manhã recebi uma Brisa de Deus após a outra. Tudo o que aconteceu hoje foi conectado a este tema sobre a depressão e como eu descobri a importância de cuidar de mim. 
A depressão é uma tristeza que eu entendo. Eu sei que essa dor: a dor de sentir tão emocionado que não saiba onde começar e, em seguida, eu sentava em uma cadeira através do dia: A dor de se sentir tão sozinha e ninguém te amar: A dor de estarmos separados por milhas de sua família e amigos íntimos, o sofrimento de não ter dinheiro para comprar comida e não ser capaz de pôr de lado qualquer coisa para o futuro; a dor de não saber como consertar um pneu furado, tendo apenas 13 centavos no banco; e eu poderia continuar com exemplos ... 
Eu também tive estes problemas no passado, devido à depressão, e então deixe-me ajudá-las. Nem sempre é fácil arrastar-se para fora desta espiral de desespero, mas não é impossível. Para ter sucesso você tem que entender onde estamos e, se quisermos sair dessa situação, dando pequenos passos que nos ajudarão a resolver o problema; Isso inclui cuidar de si mesmo.
Muitas vezes parece que a terra nos engoliu e não temos mais saída para voltar a sorrir para a vida. Aqui está uma mensagem que eu li esta manhã
********************************* 
Cara FlyLady, 
Isto não é realmente um depoimento, mas eu tento usar o método FLY a mais de um ano, e o pouco que tenho feito é maravilhoso, mas eu tenho uma confissão a fazer: Logo depois que comecei o Sistema FLY (que eu ouvi falar da menina que corta o meu cabelo) fiquei doente. Os médicos fizeram todos os tipos de testes e realmente não encontraram qualquer coisa. Agora, eles dizem que é a depressão e stress. Eu sou uma dona de casa não só tentando manter minha casa em ordem, mas também o meu escritório. Estou lhe enviando este e-mail porque porque na minha jornada Fly sinto que estou falhando. Eu sei, você acha que ninguém é um fracasso, mas eu estou começando a pensar assim. A minha cunhada e minha sogra, e algumas outras pessoas que eu conheço, que começaram o método Fly há dois meses, suas casas estão arrumadas, tanto assim que eu me sinto culpada quando as visito, fico comparando com a minha casa, eu não posso ler os depoimentos porque eles me fazem sentir um fracasso. Os feriados estão chegando e eu não posso ser feliz. Agora na minha casa parece ter passado um tornado e vivemos na desordem. 
Você sempre diz para seguir o Babystep e estou tentando fazer, mas acho que preciso de ajuda. Preciso de segurançaEu acho que eu estou procurando algum tipo de garantia. 
Afogada na Pensilvânia! 
********************************* 
Cara Afogada na Pensilvânia, 
Querida, eu não sou médica nem psicóloga, eu sou apenas uma pessoa que teve depressão três vezes, mas essas fases também são prova de que há luz no fim do túnel. A depressão foi o resultado da morte de meu padrasto, um casamento que deu errado e o sentimento de ter tudo fora de controle e opressão de cada coisa que era necessário para fazer durante as férias. 
O stress a todos os ataques sobre as nossas energias não passam em um dia. Estive nesse abismo 6-7 meses, eu não sei o que aconteceu comigo na primeira vez que entrei em depressão, eu falei com um amigo e me deu a ajuda necessária. Sou grata por ter tido a força para seguir seus ensinamentos, quando eu não era capaz de me encontrar. 
Agora é a minha vez e eu tenho que ajudá-la, não sei por que escolhi para fazer isso, só sei que deve ser feito, então vamos lá, siga-me:
A primeira vez que entrei em depressão (1990), eu fiquei internada 10 dias no hospital, eu procurava uma cura para o vício e co-dependência; Eu não acreditava que era viciada, mas eu estava errada e como! 
Compensava a falta de amor na minha vida com alimentos, sentindo-me cada vez mais deprimida com a falta de amor na minha vida. A comida era a concha que me manteve isolada dos problemas reais até que eu estava na frente da geladeira para ser preenchida com comida e chorando, desejando não ter que pensar ou lidar com o fato de que meu casamento estava desmoronando. 
Senti-me como um fracasso e eu não queria continuar a viver. Isso me assustou muito, eu queria ser feliz, mas eu não tinha sinais de cura. Com a minha maneira de pensar "tudo ou nada" pensei que seria suficiente ligar um interruptor e tudo iria passar. Mas não há nenhuma pílula mágica e nem interruptor que possa mudar as coisas de um dia para o outro para colocá-los no caminho que queremos!
O processo é reconhecer os pensamentos ruins e substituí-los por uma ação construtiva, assim foi o que eu aprendi durante a terapia, eu comentei sobre esse episódio outras vezes, alguns de vocês vão se lembrar dele. Quando entrei pela primeira vez no centro de tratamento, olhei em volta e me senti mal, suja e eu tinha cabelo comprido, vestia um terno no qual tentei me esconder, eu não tinha energia. No meu quarto havia duas meninas magras e bonitas, sua tarefa era me ajudar a melhorar.
Yeah, me fazer mais bonita! Mas isso nunca teria acontecido. Como elas poderiam me fazer bonita se eu não gostasse do que havia no meu interior? Esta é a maior lição que eu aprendi. Agora eu estou chorando, eu tinha que me abrir para ajudar, não era fácil de entender o que estava acontecendo comigo, mas eu não entendia por que eu era afetada.
Deram-me um banho e lavei meu cabelo, então me vestia com o que eu tinha trazido. Não me lembro o que usava, mas  me lembro que usava brincos, cachecol e coloquei a camisa dentro da calça, também emprestam-me algumas coisas. O mais engraçado foi a arrumar o cabelo e maquiagem, escova e secador de cabelo, já estava muito melhor. Então eu coloquei um creme para hidratar o cabelo parecia fácil; o resultado foi surpreendente para mim é de acordo com o resto do meu grupo.
Senti-me melhor e todo mundo disse que estava me movendo de uma maneira diferente. Eu já não estava desalinhada e carrancuda, andei até com os ombros e cabeça erguida, me senti mais forte. Um gesto simples que mudou a minha vida e, como a minha, a de milhares de outros. Eu não estou dizendo que eu comecei a fazer isso todos os dias, mas eu tinha encontrado os meios para sair do abismo. Agora eu sinto que é uma das coisas que tenho que fazer diariamente para me manter saudável. 
Se por algum motivo você se sentir desleixada ou fraca, chata, sem valor, solitária, irritada, cansada, eu quero que você vá ao banheiro e entre no chuveiro, depois vista-se com esmero, dos pés à cabeça, cabelo e maquiagem. Em seguida, voltar e terminar de ler este texto. 
Como FlyBabies nos esquecemos: VOCÊ SABE O QUE EU QUERO DIZER !!! Nós nos esquecemos de cuidar de nós mesmos. Mesmo que cuidemos de todo mundo, em algum momento nos esquecemos de fazer as coisas por nós mesmas. Então, pergunte a si mesma:
Você andou bebendo hoje? Eu não estou falando de líquidos em geral, como três xícaras de café ou bebidas genérico. Se você não tiver feito, beba um copo de água agora: eu tenha feito.
Será que você come o pequeno almoço (café da manhã), almoço e lanche?
Será que você comeu frutas e vegetais hoje?
Aqui estão os mais importantes: 
Você fez uma caminhada de curta distância a pé? 
Eu não quero dizer andar sete quilômetros, mas para andar por 7 minutos e depois voltar para casa. Precisamos dos raios do sol; Há alguns dias, durante o inverno, quando nós não pensamos que o sol vai brilhar novamente. 
Caminhar três vezes por semana vai ajudar a manter a depressão longe. Saídas, mesmo quando não há sol, você vai se sentir melhor, você se sentirá melhor apenas movendo-se. Eu sei o que você está dizendo que você está cansada demais para se levantar e se mover, mas faça apenas por dois minutos, você vai se sentir cheio de energia! 
Menos é sempre mais do que aquilo que você está fazendo agora! Você pode fazê-lo! 
Quando você fica com raiva se deixa envenenar-se por dentro? As mulheres tendem a fazer isso. Homens, por outro lado, gosta de bater e tem uma arrogância que nos faz sentir desconfortável, porque essa não é a nossa forma de lidar com a raiva. Isso levou algum tempo para me acostumar quando me casei com Robert. A única vez que vi alguém ficar com raiva era geralmente dirigida a mim. Robert é um homem muito calmo e recolhido, nunca fica irritado ou frustrado; a menos que ele esteja trabalhando em seu carro!!!! Uma vez que ele estava instalando o nosso presente de aniversário em seu pequeno carro conversível. Ele me perguntou o que eu queria para o nosso aniversário e eu disse um (roll bar? -  parece um protetor para corridas de carros, deixa o carro esquisitopara seu carro! Ele comprou e começou a instalá-lo, mas não sem alguns martelos e chaves de fenda atirados. É assim que ele desabafa!
Imagine isto: desabafar sua raiva e frustração sem direcioná-las para outras pessoas! Quando eu estava na terapia, eu queria jogar um travesseiro: Eu não me sentia e ainda não me sinto confortável fazendo uma coisa dessas. Só na minha terceira recaída fui capaz de encontrar a minha válvula de segurança pessoal: no passado, eu fui até a geladeira e comi ou tive um impulso maníaco para limpar a casa sem falar com ninguém. Atirei-me de cabeça para limpar até me esgotar, a fim de não ter de informar a ninguém, quem quer que fosse, e então eu queria ir para a cama e chorar e ficar de mau humor por horas. Bem, nenhuma dessas coisas que fiz resolveram. Agora, me relaciono com a raiva, ESCREVENDO! 
Escrevo até que tudo esteja externado, uma frase de cada vez e assim acalmar a raiva e às vezes até encontrar uma solução. Você nem sempre tem que ter uma solução para ver claramente o problema: eu começo a escrever e, de alguma forma, tudo se encaixa. Eu não sei o que fazer, mas eu acho que é um pouco de "como jogar o martelo no ar ou atirar um travesseiro", não há explicação, eu só sei que me sinto melhor depois de fazer isso!  Então eu tomo um banho de carinho e me dou um grande abraço!
Outro aprendizado na terapia: acalmar a mente e meditar, é o método para aliviar o stress. Eles fizeram isso com música suave e luz suave. Lembra-se no jardim de infância, quando tínhamos de fazer a sesta? Imagine uma sala com 40 adultos em um tapete com os olhos fechados, ouvindo o som do mar. Imagine uma caminhada na praia ou no parque, nós poderíamos ficar longe de nossos problemas simplesmente fechando os olhos e ir para outro lugar com as nossas mentes.Você pode fazer isso também. 
Tente: Sente-se em sua cadeira, feche os olhos e pense em um riacho com água jorrando das rochas e crie uma pequena cachoeira. O que mais você vê? Você vai sentir seu corpo mais relaxado, como se a água levasse seus problemas. Ok, faça isso agora! Este é outro método que uso para relaxar e aliviar o stress, se concentrar e fazer respirações lentas e profundas, sentir a tensão em seus músculos soltos a cada respiração.
Então, você leu isso e não tem esse problema, em seu lar só exitem pessoas que não colaboram! A casa está uma bagunça e você tem mais 20 pessoas que vêm neste fim de semana e você não tem ideia por onde começar a arrumar a casa para uma festa. Você está sentada aqui paralisado por causa de seu perfeccionismo. Você quer tudo limpo de uma vez! Bem irmã isso não vai acontecer nesta vida! Você tem que lidar com sua raiva em relação a sua família e do martírio que está sentindo e levantar-se em seus pés e ir brilhar sua pia. Você tem que fazer isso por você ou você vai ser dirigido por esse caminho solitário escuro em desespero.
Afinal cada um de nós merecemos viver em uma casa que nos abrace. Se você está se sentindo mal porque dá vontade de correr e se esconder; então é hora de se levantar e fazer algo sobre isso em vez de culpar os outros se lamentando. Tudo começa com você! Você não pode mudar ninguém, tudo o que você pode fazer é mudar a forma como você reage a eles.
A depressão vem até você de todos os lados; você não pode deixar-se vencer. Reconhecendo é o primeiro passo (babystep) para fora do poço! Temos as ferramentas, só falta você buscá-las e usá-las. Você não está sozinha. Somos todos um grande cyber-família (vizinhança virtual solidária)Agora faça seu primeiro babystep! 
FlyLady 
Por favor, consulte seu médico também. Eu tinha necessidade de tomar remédios por um tempo. Não permita que seu perfeccionismo atrapalhe a sua jornada de ficar bem. 
Você não está por trás! Eu não quero que você tente recuperar o atraso; Eu só quero que você pule em onde estamos. O.K.? 
Pratique suas Rotinas em 2014!
Tradução e Adaptação: FLYRoBrasileira

Nenhum comentário: